Magento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa

Magento
Lançamento2008
Versão estávelcommunity edition 2.2.4
LinguagemPHP
Sistema operativoCross-platform
Gênero(s)Webshop, Shopping cart
LicençaOSL Ver. 3 / AFL Ver. 3
Página oficialwww.magento.com

Magento é um sistema web de e-commerce de código aberto baseado em PHP e MySQL utilizando elementos do Framework Zend, totalmente modular, desenvolvido pela Magento Inc (antiga Varien). A Magento Inc foi adquirida pelo eBay em 2011. Mas em 2015, o eBay anunciou o fim da parceria. O CEO da Magento Inc, Mark Lavelle, ressaltou que, por diversas vezes, a plataforma era esquecida dentro do eBay. “Fora do eBay, o Magento pode brilhar ainda mais”, disse o estrategista.

Finalmente, em novembro de 2015, a tão aguardada versão 2.0 do Magento foi lançada. Após anos de testes, já que a versão 1.0 estava no mercado desde 2008, a ferramenta chegou cheia de novidades!

O Magento inclui todas as funcionalidades dos grandes players do mercado, com destaque para a otimização de sites (SEO) e a infinidade de módulos (plugins) que podem ser utilizados. Sua base de programação é sólida e modular, segura e escalável, provendo o suporte tecnológico necessário para que um e-commerce possa crescer de forma sólida e escalável, atualmente a “Magento” segue em mãos da Adobe após ser comprada por 1,68 Bilhão em 22 de maio de 2018.

1. Pagamento transparente

O momento do checkout, se não for otimizado, costuma fazer com que existam muitos abandonos de carrinho. O pagamento ser transparente significa que ele deixará o usuário ainda engajado no processo de compra, não o obrigando a sair do ambiente virtual para colocar seus dados e finalizar o pedido.

Anúncio Pago

2. Clube fidelidade

Se você preza por um processo de compra atrativo e é a favor de estratégias que ajudem a melhorar o relacionamento do cliente com a marca, você não pode deixar o clube fidelidade de lado. Por meio dele, o consumidor pode ganhar pontos na loja e depois trocar por outros produtos ou descontos. É uma gamificação, prática lúdica que incentiva o aumento de pedidos.

3. Lista de presentes

Essa funcionalidade permite que os clientes da sua loja criem listas de presentes (para casamento, chá de bebê, aniversário, etc.) ou de materiais de volta às aulas, a fim de que os convidados deles comprem tudo no seu e-commerce. Além de tornar o processo de aquisição mais prático para todos, com a quantidade de novos compradores, você tem uma chance de fazê-los conhecer sua marca e torná-los clientes fieis.

4. Marketplaces

Um dos mais instalados módulos magento, o de marketplaces permite que seu e-commerce seja integrado aos famosos shoppings virtuais. Isso viabiliza que o comerciante gerencie tudo pela própria plataforma, o que torna seu trabalho mais prático. Além disso, essa facilidade possibilita mais controle dos estoques dos dois ambientes, evitando que algum deles fique zerado antes de algum pedido.

5. Motoboy

Uma terceira opção de entrega, além dos correios e da transportadora, o serviço de motoboy facilita a entrega daquele cliente que deseja ter o produto mais rápido em suas mãos. Além da agilidade, o serviço costuma ser mais em conta, possibilitando mais conversões ainda nas vendas.

6. Busca avançada + sugestão de buscas

Quanto maior a loja virtual, mais complicado fica para os usuários conseguirem encontrar produtos nela. Para que a procura seja mais prática, você deve implementar um plugin que os ajude a buscar o produto desejado. A solução também possibilita que a palavra seja autocompletada enquanto o consumidor está digitando.

Anúncio Pago

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui