Florianópolis, Rio, São Paulo: a onda de ações contra o coronavírus

0
42
Anúncio Patrocinado


São Paulo  — Os estados e municípios brasileiros começam a aplicar ações mais contundentes para conter a disseminação do coronavírus. Começa a valer nesta segunda-feira, 16, em Florianópolis, Santa Catarina, um sistema de pré-atendimento à distância para moradores tirarem dúvidas sobre coronavírus ou até marcar consultas, caso apresentem sintomas da doença, sem precisar se deslocar até uma unidade de saúde.

O programa oferecido pela prefeitura da capital é inédito no Brasil e foi apelidado de “Alô Saúde Floripa”. Funciona assim: no nível 1 do atendimento, são resolvidas dúvidas gerais com um técnico de enfermagem. Se o cidadão tiver queixas sobre a sua saúde, será encaminhado para o nível 2 do atendimento, no qual fala com um enfermeiro especializado. Nesse estágio, o profissional faz várias perguntas para avaliar a gravidade do atendimento.

Caso seja necessário, uma consulta será agendada em 48 horas. Para acessá-lo, o cidadão poderá ligar para um 0800 ou conversar com um dos atendentes por um aplicativo, disponível para plataformas IOS e Android.

Em São Paulo e Rio de Janeiro, começam a ser suspensas as aulas em escolas públicas e particulares. Também foram canceladas as férias de profissionais de saúde em ambos estados, que juntos concentram o maior número de infectados. Em alguns estados, como Minas Gerais e Mato Grosso, será implementada redução do número de visitas a presídios.

Anúncio Patrocinado

O Brasil todo começa a reduzir o ritmo de atividade. Grandes eventos culturais, como peças de teatro e shows, estão sendo adiados ou cancelados em todo o país. A Confederação Brasileira de Futebol anunciou no domingo, 15, a suspensão por tempo indeterminado de todas as partidas organizadas por ela e recomendou às federações estaduais que façam o mesmo. Enquanto isso, uma série de empresas decretou trabalho remoto aos funcionários nos locais mais afetados pelo vírus.

O coronavírus já registra 200 casos no Brasil, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na noite de domingo. No dia anterior, eram 121 casos. A maioria dos casos está em São Paulo, que foi de 65 para 136 confirmados no fim de semana. O Rio de Janeiro é o segundo estado mais afetado, com 24 casos.

A ideia é fazer com que seja reduzido o ritmo de avanço da doença de modo a não pressionar os sistemas de saúde do país. As próximas semanas serão de imensos desafios para os brasileiros.



Fonte do artigo
Tags:
#politica #political #negocios #business #marketingdigital #empreendedorismo #marketing #emprendedores #empreender #sucesso #empresas #emprendimiento #emprendedor #empreendedor #emprender #dinheiro #dinero #empresario #vendas #liderazgo #motivacion #foco #motivacao #negocio #brasil

Anúncio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here